Se não sabe para onde está indo,qualquer caminho serve

  • data: 24/03/2017
  • | as 17h43


Parece óbvio que antes de implementar qualquer plano é preciso conhecer claramente os problemas, mas é comum buscarmos soluções sem entender o que se passa.

Parece óbvio, também, que anos no mercado nos gabaritam a seguir a direção certa, pois já sabemos o que fazer, afinal já passamos por tantas e boas.

Parece óbvio que o mundo está mudando, mas não se percebe que a velocidade da mudança é maior do que podemos acompanhar. A discussão dos táxis versus Uber, só para citar um exemplo, tem prazo de validade, logo mais os veículos não precisarão mais de motoristas.

É isso, veículos.

Entender para agir e para acompanhar as mudanças.

Esta é a lógica.

No início de fevereiro apresentamos o resultado da pesquisa do Mercado de Fretamento elaborado por consultoria de Inteligência de Mercado especialmente contratada para entender o nosso mercado. A pesquisa é a primeira parte do Projeto Enfrentando o Mercado resultado de parceria entre o Sinfret e o Transfretur.

Comentários diversos com “eu já sabia” e “mostrou o óbvio” foram ouvidos, mas mais do que saber a resposta é saber o que fazer com ela e, indo além, mais do que entender é preciso agir.

Obviamente a pesquisa mostrou mais.

Escancarou que não temos atuação e nem preparo comercial, que quando somos consultados vendemos preço; que nossos valores e atributos se resumem a descontos e pontualidade; que quando nos pedem solução oferecemos sempre mais do mesmo; que apesar do contrário, não nos vemos como estratégicos na mobilidade para as cidades e, portanto, nos intimidamos e nos furtamos de nos oferecer como uma das soluções.

Entender para agir.

Nesta linha a nova administração da maior cidade do país, a enxerga com novos olhares quando afirma que a cidade é para todos, para o transporte coletivo privado inclusiva. A nossa ação é partir para capacitação e criação de um modelo de execução comercial para enfrentar o mercado que não conhece o transporte privado ou que nunca pensou nele como alternativa ou complemento.

É também o momento de repensar o negócio e a forma de atuação, pois o que deu certo no passado hoje não passa de simples exemplos e o que se dirá no futuro próximo, muito próximo.

Entender para agir e para acompanhar as mudanças.

Esta é a lógica.

Por enquanto.

Jorge Miguel

Presidente



Mais Noticias

MAIO AMARELO!

Em Mais um Ano, a Aliança para Despertar a Sociedade para um Trânsito mais Se ...

Os Emplacamentos de Ônibus Acumularam - 74,6% de Janeiro a Abril.

Os emplacamentos de ônibus acumularam uma alta de 74,6% de janeiro a abril deste ano ...

Faixa de Pedestre - Orgulho em Brasília

A faixa de pedestre se tnasformou em grande orgulho para quem mora em Brasília. htt ...

15ª edição da Virada Cultural - Acontecerá Neste Fim de Semana (18 e 19).

A 15ª edição da Virada Cultural, que acontecerá neste fim de sem ...

Feliz Dia das Mães

Obrigado por nos incentivar a seguir, mas também de estar sempre com os braç ...

A AET - Autorização Especial de Trânsito voltou a ser Obrigatória.

A AET - Autorização Especial de Trânsito voltou a ser obrigatór ...

O Setor de Transporte, Armazenagem e Correios criou 16 mil Empregos com Carteira Assinada no Primeiro Trimestre de 2019.

O setor de transporte, armazenagem e correios criou 16 mil empregos com carteira assinada ...

Baixe agora nosso Aplicativo

Sed tamen tempor magna labore dolore dolor sint tempor duis magna elit veniam aliqua esse amet veniam enim export quid quid veniam

2018. Transfretur®. Desenvolvido por Talentum Informática