Ser Inovador e Inovar

por Jorge Miguel Presidente


Postado em 2 de Fevereiro 2018 as 11:09



Em outubro a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) começa a rastrear as viagens de fretamento através do Monitrip. Parece ser moderno, mas é a velha forma do poder público de interferir na atividade privada. É o Estado que acha que sabe o que é melhor para a sociedade, mesmo sem cumprir o seu papel de regulador e fiscalizador.

Exigir o rastreamento do serviço público pode ser até uma obrigação de quem presta o serviço para o público, para o cidadão. Que o privado também tem que seguir regulamentos e normas não se discute, mas daí a exigir o rastreamento para comprovar o que as empresas declaram que vão fazer via solicitação antecipada de viagem, é no mínimo uma punição para os que estão regulares. Enquanto isso os irregulares vagam por este Brasil afora sem que sejam importunados e, quando o são, sempre encontram um desvio, uma saída “nessa longa estrada da vida”.

Ainda misturando o moderno com uma prática “medieval”, o município de São Paulo chegou a publicar uma norma que exigia que a empresa de fretamento solicitasse, com 10 dias úteis de antecedência, uma autorização para entrar no centro da cidade. Como se todos os eventos e necessidades de transporte de grupos de uma metrópole como São Paulo tivessem essa antecipação.

Felizmente, pensando no moderno, num mundo compartilhado, no que é moderno mesmo, na desburocratização dos processos, na simplificação da vida daqueles que trabalham e enfrentam todos os dias as disputas árduas do mercado, o secretário Jilmar Tatto mandou refazer a regulamentação equivocada que poderia até parecer lógica, mas sem sentido prático, sem benefícios para o município, mas que geraria muitos transtornos.

Estamos longe de corrigir todos os problemas, mas uma maneira diferente de conduzir e gerenciar uma cidade pode surgir a partir de 2017. O prefeito eleito João Doria sugere uma gestão inovadora, numa cidade com problemas antigos e gigantescos. Começa inovando ao criar o Conselho Superior, convidando os ex­prefeitos da cidade para ajudar com a experiência. Haddad já confirmou sua participação.

Doria foi o único candidato que participou de eventos promovidos pelo TRANSFRETUR para apresentar o setor. Marta Suplicy desistiu no último minuto e abriu espaço para o candidato a vice­prefeito Andréa Matarazzo, que falou para empresários como empresário. Os demais não conseguiram disponibilizar tempo na curta campanha.

É simples assim.

Jorge Miguel

Presidente


Busca
Últimas Posts

Mais lidas essa Semana


Leia Mais

Edital de Concessão para Estacionamento Rotativo em São Paulo

Edital de concessão para estacionamento rotativo em São Paulo foi publicado e obriga o ...

Leia Mais

Artesp Autorizou a Entrada de uma nova Operadora no Mercado de Pedagiamento Eletrônico

A Artesp autorizou a entrada de uma nova operadora no mercado de pedagiamento eletrônico nas r ...

Leia Mais

Reformar é preciso, provavelmente

A partir de novembro entra em vigor, provavelmente, a Reforma Trabalhista. Provavelmente, por que j& ...

Leia Mais

A Rua dos Pinheiros Terá Calçadas e Faixas de Travessia Ampliadas por 35 dias a partir de 5 de Novembro

A Rua dos Pinheiros terá calçadas e faixas de travessia ampliadas por 35 dias a partir ...

Leia Mais

A Petrobras Reduziu o Preço Médio da Gasolina

A Petrobras reduziu o preço médio da gasolina em mais 3,8% nas refinarias, conforme ma ...

Leia Mais

Feliz Dia dos Professores

Ninguém seria o que é, se não fosse por eles. #DiadosProfessores #15deOutubro ...

Baixe agora nosso Aplicativo

E você poderá acessar documentos e ficar por dentro de todas as informações sobre o TRANSFRETUR.

2018. Transfretur®. Desenvolvido por Talentum Informática